O passado visita Volúpia- Leia no cafofo da Loba

Há quem diga que o passado não volta ou o que passou não interessa. No caso de Volúpia esses paradigmas foram quebrados e todos os eventos vivenciados por a mesma eclodiram em sua frente. Se ela não tivesse tido coragem de enfrentar e tratar alguns traumas, Seu futuro estaria prejudicado e essa Dama jamais poderia vivenciar a felicidade em sua plenitude.

O amor que liberta é o mesmo que aprisiona. Esse amor foi o responsável pelo o amadurecimento de Volúpia. Foram preciso algumas decepções para que essa Senhora aprendesse a se amar bem como a se respeitar e nunca mais se permitir vivenciar relacionamentos egoistas. Ou havia entrega por completo ou não se relacionaria.

Volúpia tem sua história narrada no livro No Cafofo da Loba, Romance de estréia de Tatá Arrasa (Anastácio Martins), publicado pela Amazon.com. nos formatos: digital e impresso, a versão impressa contém 112 páginas. Os capítulos iniciais podem ser lidos no Blog Intimo & Pessoal //tataarrasa.com.br/intimo-pessoal/volupia/ ou então no site da Amazon.com //www.amazon.com.br/kindle/dp/B075813HN8/ref=rdr_kindle_ext_eos_detail

Resumo do livro no site:

Conheça Volúpia uma mulher madura, segura de si, independente. Tem os homens a seus pés, guarda alguns segredos e sua única fraqueza é o medo de se apaixonar. Uma história envolvente, misteriosa e sensual. Boa leitura!

Nas palavras da Jornalista Ananda Savitri a qual assina o prefácio:

Mas afinal, o presente livro é para maiores apimentados ou um romance de auto ajuda?, alguns podem perguntar. Talvez, a melhor resposta ficará a critério do olhar que descrutinar o livro. Porém, ouso dizer que ambas as classificações são simbioses de uma libido regada a desejo e sensações sensoriais, ao estilo Tatá Para Maiores.”

Biografia do Autor :

Tatá Arrasa é Letrista, Ator e ainda escreve no blog: Íntimo e Pessoal. Suas letras refletem sua sensibilidade, algumas consideradas ousadas pelos críticos. Em suas composições inéditas somos convidados a nos embriagarmos com romance e doçura, como aperitivo servimos-nos de versos alegres e descontraídos que fazem jus ao nome Tata Arrasa.

Venha fazer parte desse banquete!Aprecie, saboreei e compartilhe com todos. A casa é sua!

Praça Padre Mororó

#NoCafofodaLoba – Histórias de Volúpia

Nota do Autor: (Se você gostar dessa história, por favor comente, compartilhe e marque os amigos. Use a hashtag: #TataParaMaiores sua libido a um “clique”)

Deixe um Comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *