O Meu Ceará

O meu Ceará

 

Ceará cidade da luz

Terra do sol

Teu sol em minha pele reluz

Quero em teu mar

De águas claras mergulhar

E deixar as mazelas pras ondas levar.

 

Ceará moleque

Ceará festeiro

Terra de gente encrenqueiro

Mas, também de gente bunequeiro

 

O que não falta aqui é  chamego

E um sorriso faceiro.

O  povo daqui quando gosta

É de verdade pra valer,

Até o fundo das calças  empresta

Mas, também se não gosta

Fecha logo a cara e diz te arreda.

 

Quem come do teu pirão

Em teu chão quer morar

Aqui sempre tem

Uma anedota para contar

E um prato de cuscuz

Pra quem chegar.

 

Terra de gente sabida

Que é pra gente se orgulhar

Tem Chico Anísio,

Raquel de Queiroz e ainda

José de Alencar..

Vou parar por aqui

Senão espaço vai faltar.

 

Tem até um tal de Tatá Arrasa

Que um dia o seu nome

Todos irão comentar

Pense num cabra danado

Que se mete a rimar.

 

O meu amor por ti Ceará

Eu não canso de confessar

O teu nome sempre vou exaltar

Por todo lugar que eu passar

A quem perguntar

Com orgulho eu vou falar

Sou do Ceará

Oh terra pra eu amar …

 

Tatá Arrasa

Deixe um Comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *