O sol nos seus olhos

Na luz da manhã

Os sonhos se vão

E vira ilusão,

Nossa caminhada pela rua de pedra

E casas singelas

Eu vejo uma flor amarela

Sempre tão bela

Ninguém quer ela.

 

O sol em seus olhos brilham tristes

Os Seus passos estão lentos

O tempo está voando

 

E a fragilidade aparente

De um homem que já foi valente

E hoje tão frágil e tão carente.

 

Zezim

Porque a vida é assim?

Aperte a minha mão

Me conte uma história linda

E me abrace  até o fim.

 

Porque a vida tem um fim?

Não vá embora ainda,

Segure a minha mão

E me abrace até o fim!

 

Tatá Arrasa

Deixe um Comentário

comentários

4 Responses to “O sol nos seus olhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *